quarta-feira, 7 de março de 2012

Dedicado ao meu companheiro Ricardo... "não vou pro céu, mas já não vivo no chão..."


Sonho de Caramujo
João Bosco


"Nem menino eu era garotinho
Vivia adulto sozinho
Eu nunca fui aonde eu ia
Andava em má companhia
Entrava no livro que lia e fugia

Neguinho me vendo em Quixeramobim
E eu andando de elefante em Bombaim

Cumpri o astral de caramujo musical
Hoje eu gripo ou canto
Não vou pro céu, mas já não vivo no chão
Eu moro dentro da casca do meu violão"

3 comentários:

Jeferson Cardoso disse...

Olá Ghiza!
Linda dedicação! O que seria da vida sem a música? (sorrio)
Abraços.
Convido para que leia e comente “NAVEGANTES [07.01.2012]” no http://jefhcardoso.blogspot.com/

BIRINAITE disse...

Solte o seu som da madeira, eu, você e a "COMPANHEIRA", de madrugada voltamos pra casa cantando.
Gostei, tudo a ver.

Marta Farias disse...

VC HOJE ACERTOU NA VEIA, SABES COMO GOSTO DE UM PINHO, E JOÃO BOSCO ENTÃO! FORMOU. BEIJO QUERIDA!