sexta-feira, 6 de junho de 2008

Qualquer coisa...


Qualquer coisa,
Qualquer coisa que me afaste do que nego,
Mas me entrego
À qualquer coisa que me deres,
Qualquer coisa
Que não seja este agora
Que não seja quem me vejo
Qualquer coisa que adormeça
Qualquer coisa que releve
Estes sonhos de nada-ser
Essa ânsia de não-estar
Qualquer coisa...
Imagem - Ivan Raposo.

Nenhum comentário: