terça-feira, 24 de abril de 2007

Mrs. F.




Bebo todas as manhãs,
Felicidade partida em doses,
Com a água dos rios que vivi,
Alegria em cartelas,
Pra engolir minhas tristezas,
Comprar meus sorrisos,
Que submergiram nas fendas do caminho...
Rápido como cachaça em balcão,
Um único gole
Ilusão ingerida,
Diluída no meu sangue,
Digerida pela escuridão dos pensares,
Percorre tudo o que sou
Para que eu me esqueça de mim...

4 comentários:

Aju disse...

Preciso de um mergulho em nostalgia e em dinheiro hahahaha

Sumiu =/

bjos

Liginha disse...

Tema sério... mas muito lindo seu texto, Gi.
Bjosss.

Sonia disse...

Ah, Ghiza, quem disse que eu conseguiria me afastar totalmente dos blogs? Interrompi os meus causos, mas venho sempre visitar os amigos. Aqui bebo poesia.

luis manoel disse...

Clap, clap, clap ! Viva !