terça-feira, 20 de março de 2007

159.




Perco-me num labirinto de suposições
Onde despedaçada em mil versos mal feitos
Fujo de mil sombras de mim
Persigo mil rastros de ti
Bruta, desfilando sobre estilhaços,
Lavando-me em salinas ilusões,
Apanhada por assaltos da alma,
Anjo,

Caída de um paraíso ao qual nunca ascendi...

5 comentários:

Aju disse...

A foto pareceu de algum filme do Tarantino...

Poema de desespero e angustia otimo eu gostei deste genero :P

Bjos

Fred Neumann disse...

Cara amiga Ghiza,

Continuando com umas frases-petardos destas, não só poeta, mas roteirista também dos filmes de tarantino!
Frases criativas pra falar da alma, de craques como voc~e, óbvio.

beijocas,

Fred

O Sibarita disse...

Oi Ghiza! Quem nunca teve ou tem seus passos por entre labirintos a procura de um caminho que atire a primeira pedra, tá perfeito seu texto.

bjs.
O Sibarita

Thiago Quintella disse...

Esquea esa de fugir de sombras, tente conversar com elas;;;;;;;;;
beijos

Liginha disse...

Achei triste e muito bonito. Mas nem sempre a emoção que passa é o que vc estava sentindo quando escreveu. Principalmente vc, que escreve tantas coisas lindas com muita frequência!
Grande beijo,
Li