segunda-feira, 8 de janeiro de 2007

Ladainha.


Aquela igrejinha caiada e florida
Guarda um pedido para Santa do lugar
Que eu parecesse bem linda ao seu olhar,
E alegrasse você perto de mim...
Que trouxesse um punhadinho de amora,
Para distrair os meus sonhos,
Nos quintais dos meus desejos...
E que chovesse uma semana,
Pelo menos.
Para eu lavar os seus cabelos
E a tristeza dos meus olhos...

9 comentários:

Tiago disse...

a vida deveria ser simples assim, como construir uma igrejinha no meio do nada e rezar pra deus trazer chuva e a pessoa amada de volta. beijo.

Monica disse...

Linda foto ... tristinho o poema né....mas muito bonito!!!!!!!!!!!!!
:*************

Thiago Quintella disse...

Quer que chova? Basta me dar as coordenadas da Igrejinha que lá vou para levar a chuva!

Júnior Creed disse...

oi linda, amei as fotos do batizado da Helena! com relação ao post, dizer que vc é maravilhosa é chover no molhado, né? rs mas sabe? to precisando dessa chuva (do post)... por um mês, pelo menos. beijo grande!

Aju disse...

Pow o final foi mto bom...
Faz tanto tempo q comi amora =/

haha bjos

Anonymous disse...

Informação igual a todos os co-autores:

A capa do livro da blogoesfera "Que é o amor?" já está à vossa apreciação e disposição no blogue do livro:

http://queeoamor.blogspot.com

Além da capa, existem outras informações.

Solicito aos co-autores o favor de darem a conhecer aos vossos leitores a existência do livro.

Abraço.

António Rosa

===

Estou a ter dificuldade em deixar esta informação em vários blogues.

O Sibarita disse...

Olá Ghiza! Uma casa caiada no meio do campo, uma igrejinha para se confessar, uma praça para trocar olhares e um texto para avivar o coração, é isso...

Oi a Bahia lhe espera de braços aberto, viu?

abraços,
O Sibarita

Cristiano Contreiras disse...

Lugar que é um recanto dos sonhos?

Fred Neumann disse...

Boniiito com forrrrça, como diriam alguns mineiros!

Beijocas,

Fred