quinta-feira, 21 de dezembro de 2006

Tempo.


O Tempo me fez,
Embalou-me e me levou,
E eu, em rodopios, o fui seguindo...
Cambalhotas e canções de infância,
Mostrou-me todas as coisas,
E eu vendo somente o desejado...
O Tempo me conduziu,
E eu, entre fitas, os fui laçando;
Estradas e desejos,
Homens e lugares,
E só amava o que inventava...
O Tempo me ensinou a vida,
No açoite e na rasteira fui domada,
Entre lágrimas e levantes,
Amanheceres e poentes,
Eu seguia e seguia...
O Tempo me gerou,
Dorida, quebradiça, mas voraz,
No Tempo pari,
Fiz-me Tempo,
Também me fiz casa, leite e berço,
Nele moro, como e durmo,
Nele sigo, pereço e espero,
O Tempo de não mais lições,
Não mais caminhos,
Não mais fome, nem espera, nem luar,
Somente ele,
Jazigo de tudo que era...
De tudo que ainda será...
Berço de tudo que eu seria,
Jazigo de tudo que eu tentei ser...
Tempo do que fui e do que não sou...

6 comentários:

Leticia Gabian disse...

Que forte, mulher!
Ai.....o tempo! Como ele pode ser, ao mesmo tempo, benfeitor e algoz!
Grande beijo pra ti.

Anonymous disse...

Vim aqui desejar umas festas felizes, sobretudo que seja um fantástico ano de 2007.

Hoje, o meu blogue cumpre o primeiro aniversário. Recordo-me que foi criado debaixo de uma neura natalícia tremenda.

Abraço.

António

Monica disse...

Mas o próprio tempo te mostrará como de uma hora pra outra tudo muda e a vida renasce...sempre...

Tem msg pros amigos no bloguinho!!!!!

Bjjjjjjjj gigantes amiga querida!!!!!!!!

FELIZ NATAL PRA VC , PRINCESA HELENA E TODA A FAMÍLIA!!!!
:***********

Mônica.

Sergio disse...

ola, giselle!


que o tempo lhe traga um feliz natal

um beijo

Fred Neumann disse...

Tempo de tudo o que seremos.
Inclusive autores de desventuras de ex-executivo carioca, hehehe...
vou ver se sai hoje...
torce, hehehe!

Feliz Nataaaaaal pra vocês, tudo de muito bom,cuidado com as misturebas, hahaha,

Fred

Sonia disse...

Tempo, tempo... ah como sou agradecida por tudo que ele me ensinou. E que texto mais lindo, Giselle. Aliás, já virou lugar-comum eu dier isso. Beijos nas bochechas da Heleninha.