sexta-feira, 10 de novembro de 2006

Delicado.


Procuro beleza nas coisas do mundo,
Que me disfarce, me distraia,
Das dores dos meus espantos,
Da feiúra das minhas verdades...
Aquela beleza redentora,
Que me abençoe, me liberte,
Das ânsias dos meus quereres,
Da pequenez das minhas sombras...
Que me faça feliz, feito quem não conheço,
Feito manhã de domingo,
Beijo de porcelana,
Feito sussurro saboroso,
Alento dos dias que me levam...

Foto de Anna Lisboa.

14 comentários:

luis manoel disse...

"Beijo de porcelana"... Manoel de Barros fala muito da recriação da palavra.

Um abraço.

Luis.

Monica disse...

olha... moça é um de seus mais bonitos poemas...meu favorito....
acho que vc me entende....;))))
e agora que "to voltando pra casa"...to me redescobrindo...me reconstruindo na verdade ... buscando, buscando e buscando...
bj grande e obrigada!!!!!
:**************

greentea disse...

sorrisos, muitos sorrisos e muitas flores por aqui

Sonia disse...

Beleza está sempre por aqui, na sua página.

Fred Neumann disse...

Que beleza, diria Tim Maia.
Rabiscar o belo feito giz na rocha
hehehe!

O Sibarita disse...

Oi! Seu texto é belo e fala da eterna busca do ser humano aos amores...

O Sibarita

Anonymous disse...

Da procura ao encontro de um mundo de sentires e de belezas para além da liberdade e de sombras que caminham ao longo da vida feita de encontros e de desencontros, de mar e amar que abrem os canais dentro da alma da paixão.

Um acaso me levou ao encontro deste poema de esperança de um tempo presente recordado.

Abraço,
Marco António

greentea disse...

bons dias ...de sol ,´´

por aqui

Sergio disse...

Olá, Ghiza!

Pelo menos voce sabe o que quer, fica mais fácil.

Um beijo e bom domingo

Anonymous disse...

Um mundo de horrores e surpresas nefastas afasta o belo do olhos. Onde procurá-lo?! Nas almas, nas essência dos sorrisos, na poesia.

Redentoras, suas palavras.

Beijos fartos e abraços.

Lou disse...

LIndo demais !
Uau !
Boa semana !
beijos

M. disse...

É mesmo delicado. "Da pequenez das minhas sombras": muito bonito e cheio de significado.

Aju disse...

Lendo o poema eu acho que deveria era ter nascido rico em vez de bonito hahahahahahhahahahahha

=]

Mari B. disse...

Lindo esse também. Adoro seus poemas. ;)