terça-feira, 30 de maio de 2006

Amor.


Meus olhos enfeitados de seus sorrisos,
Minhas roupas feitas de seus braços,
Sua língua me lava em doce sabor,
Seus adjetivos perfumam meu sexo,
Suas mãos me capturam,
Conduzindo-me às maravilhas de nós,
E deslumbrados, multiplicamos o que somos,
Mais do que dois,
No teu masculino, o feminino.
Ao som do seu nome, dos meus ais,
Eu me torno feliz,
Você, eterno.

Nenhum comentário: