domingo, 2 de abril de 2006

G.

Prefiro-te assim, incógnita
Enigma entre o anjo e o demônio
Imagem criada na mente,
Não materializada perante meus olhos tão decepcionantes...
...inesperadamente incapazes de te capturar.
Prefiro-te som,
Palavra,
Calor, não...
Distante das minhas mãos tão alheias...
...distraidamente capazes de sufocar-te.
Prefiro-te assim,
Em apenas uma letra,
a minha.

Nenhum comentário: